sábado, 28 de abril de 2012

Estou com medo de pensar em você,
de pronunciar teu nome...
pode ser que os pensamentos me fujam
ou as palavras me entreguem.


Estou com medo até de respirar...
pode ser que esse simples gesto 
traga a lembrança da respiração ofegante
daquele momento só nosso.


Estou com medo de te amar...
pois as paredes tem ouvidos
e os olhos sempre nos seguem.

Estou com medo do meu coração bater...
pode ser que a palpitação demostre
que estou apaixonada por você.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem sua visita e opinião ao meu blogger é importante para mim,Abraços!