terça-feira, 21 de agosto de 2012

 Pouco que te conheço impetuoso cisne,
preso em sua redoma de cristal,
lança apenas um dos teus olhares.
em algum momento de distração.
desejo avidamente desvendar os seus mistérios.
és o meu bem ,ou o meu mal?
Suas palavras me provocam,
sem pensar me repele
tão logo busca-me para si.
com medo que eu me afaste.
Eterna contradição.
Bem me quer, ou mal me quer?
minha sede infinita,
deixa em mim sempre o gosto de querer mais,
não me dá as respostas que preciso
fico completamente sem juízo e 
me perco em sua imensidão.
Suas frases  pela metade 
confundem minha imaginação.
quero mais uma vez provar do fruto proibido
serpente do paraíso
és meu herói ou meu vilão?
Foge-me, escapa-me.
Teu amor é fogo que queima
quando quero, você não vem,
sem que eu precise te chamar  aparece
e incendeia meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem sua visita e opinião ao meu blogger é importante para mim,Abraços!